• Início
  • Blog - Saúde e Bem-Estar | Linhahum
  • Suplemento alimentar para idosos: por que tomar?
  • Suplemento alimentar para idosos: por que tomar?

    suplemento alimentar para idosos

    Com o passar da idade, a preocupação com a saúde aumenta. Isso é normal, já que é necessário manter uma boa qualidade de vida em qualquer momento - inclusive na terceira idade. Mas, para alcançar esse bem-estar, podemos apenas manter uma rotina de hábitos saudáveis ou é necessário fazer o uso de suplemento alimentar para idosos?

    Essa é uma pergunta complexa. Afinal de contas, existem problemas de saúde que se desenvolvem com a idade, como a sarcopenia, uma condição que diminui a quantidade de massa muscular no corpo. Segundo dados, pessoas com mais de 60 anos perdem cerca de 30% dos músculos. Esse valor pode ultrapassar os 50% em idosos com mais de 80 anos1

    Mas, então, qual é o melhor suplemento alimentar para idoso? É necessário fazer uma suplementação para idosos ou esse é apenas um mito? E quais são os nutrientes que não podem faltar em uma dieta voltada para a terceira idade? Essas e outras perguntas serão respondidas ao longo deste artigo. Então, continue com a gente e faça uma ótima leitura!

    Suplemento para idosos: uma necessidade ou um mito?

    O uso de suplemento alimentar para idosos proporciona muitos debates. Afinal de contas, todos os idosos precisam complementar os nutrientes? Será que isso não é uma mentira criada para vender remédios e outros produtos?

    Bem, as pesquisas mostram que a parcela mais velha da população possui um déficit de nutrientes muito importantes para o bom funcionamento do corpo. Estima-se que quase 65% das pessoas com mais de 60 anos consomem quantidades insuficientes de proteína e cerca de 40% dos idosos ingerem frações inadequadas de lipídeos2 3.

    Isso também acontece com os micronutrientes. Já na fase adulta, muitos brasileiros consomem baixas quantidades de vitaminas e minerais na dieta3. Essa deficiência nutricional pode afetar diversos sistemas do corpo humano, como o imunológico, ósseo e o muscular. 

    Por esses motivos, os suplementos alimentares se tornam aliados poderosos e essenciais para a saúde das pessoas da terceira idade. Afinal, essa pode ser uma maneira de suprir as necessidades nutricionais que estão em déficit. 

    Como fazer a suplementação para idosos?

    O consumo de suplemento alimentar para idosos deve ser feito com o acompanhamento de um médico ou uma nutricionista. Embora a grande maioria dos suplementos alimentares não contenham contraindicações, apenas um profissional de saúde pode receitar as quantidades ideais para suprir suas carências nutricionais. 

    Mas por que é necessário consumir os nutrientes em quantidades específicas? Bem, embora sejam muito benéficos para a saúde, consumi-los em excesso pode agravar alguns problemas de saúde2.

    Pense, por exemplo, na vitamina D. Ela é extremamente importante para os idosos, já que ajuda o bom funcionamento dos ossos e do músculo. Além disso, pessoas mais velhas possuem mais dificuldade em sintetizá-la por meio dos raios solares, o que as tornam dependentes da suplementação2

    Entretanto, o consumo em excesso de vitamina D pode proporcionar um efeito contrário no organismo. Estudos indicam que altas doses deste nutriente podem aumentar o número de quedas e prejudicar os sistemas ósseo e muscular2

    Por isso, antes de adquirir um suplemento alimentar, é necessário procurar a ajuda de um profissional especializado em nutrição, que será o responsável por recomendar qual é o melhor complemento para você. 

    Qual é o melhor suplemento alimentar para idoso?

    Depende. É impossível generalizar, já que cada pessoa possui uma necessidade. E vale lembrar que, assim como a deficiência, o excesso de nutrientes pode fazer mal para o corpo humano2. Por isso, o papel dos médicos e nutricionistas é encontrar o melhor suplemento alimentar para o seu caso. 

    Então, separamos alguns nutrientes que não podem faltar no acompanhamento e tratamento de alguns dos problemas de saúde mais comuns na terceira idade. Confira:

    Suplemento para idosos com fraqueza

    A sarcopenia é uma condição que afeta milhões de idosos no Brasil. Ela consiste na perda de massa muscular, o que diminui a força do corpo e aumenta as possibilidades de queda, fraturas e até acidentes mais graves. O envelhecimento e o estilo de vida mais sedentário são alguns dos principais fatores relacionados ao desenvolvimento da sarcopenia1.


    Para se ter uma noção, um adulto de até 60 anos pode perder até 500 gramas de massa muscular todos os anos. No caso de um idoso com mais de 70 anos, a degeneração muscular pode chegar a 15% em uma década1.

    Mas a sarcopenia tem tratamento. Hoje, estudos confirmam que a suplementação de proteína e outros nutrientes importantes para os músculos, como a creatina e a leucina, aliada à prática de exercícios físicos ajudam a melhorar a força no crescimento da massa muscular1

    Suplemento alimentar para idosos diabéticos

    De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), mais de 13 milhões (quase 7% da população do Brasil, vivem com o Diabetes Mellitus (DM). Nesta porcentagem, encontram-se muitos idosos que podem desenvolver o problema pela alimentação desregulada e pelo sedentarismo. 

    Um estudo com idosos diabéticos tipo 2 mostrou que 76% dos participantes estavam com sobrepeso ou obesidade. Além disso, 98% deles apresentavam episódios de hiperfagia, que é a vontade de comer sem estar com fome, pelo menos uma vez no dia4

    Pesquisadores indicam que o uso de suplemento alimentar para idosos pode ser uma boa alternativa para melhorar os índices nutricionais dos pacientes com diabetes mellitus. Afinal, muitos idosos diabéticos também apresentam outros problemas de saúde, como sarcopenia. Além disso, a atividade física é uma prática indispensável durante o tratamento da DM4 5 6 7 8

    Suplemento alimentar para idosos: uma solução da Linhahum

    O suplemento alimentar para idosos podem ser ótimos aliados no balanceamento nutricional da pessoa mais velha. Seja para tratamento da sarcopenia, da diabetes ou para manter o corpo funcionando adequadamente, a suplementação de macro e micronutrientes pode promover mais bem-estar e saúde para o idoso.

    Pensando nisso, separamos três suplementos de tratamento da Linhahum que podem ajudar na reposição nutricional dos idosos. O primeiro deles é o Pleno+, que possui 28 vitaminas e minerais e é enriquecido com proteína e leucina, que podem ajudar no bom funcionamento dos músculos. 

    Por sua vez, o Diatrofí Sugar Control é um suplemento alimentar voltado para pessoas diabéticas, já que é isento de açúcar, possui fibras solúveis e conta com carboidratos de lenta absorção. Esse produto aliado ao HMB, que ajuda a prevenir a perda de massa muscular, pode ser um ótimo combo no tratamento do diabetes. 

    Conheça nossos produtos!


    Referências bibliográficas

    1.de Moura, G. V., de Sousa, M. C., de Sousa, P., Henrique, C., & Lima, R. (2021). Uso de suplementos alimentares no manejo nutricional em idosos com sarcopenia. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/download/8142/6184/23250. Acesso em: setembro de 2023. 

    2.Ribeiro, C. M. B. (2018). Suplementos alimentares para idosos: moda ou necessidade? (Master's thesis). Disponível em: https://estudogeral.uc.pt/bitstream/10316/84509/1/Documento%20%c3%banico%20MICF.pdf. Acesso em: setembro de 2023. 

    3.Lopes, A. C. S., Caiaffa, W. T., Sichieri, R., Mingoti, S. A., & Lima-Costa, M. F. (2005). Consumo de nutrientes em adultos e idosos em estudo de base populacional: Projeto Bambuí. Cadernos de Saúde Pública, 21, 1201-1209. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/VYtD5Y3Bkyv3sFmTX5TmhWg/?format=html&lang=pt#. Acesso em: setembro de 2023. 

    4.de Araújo Burgos, M. G. P., dos Santos, E. M., Morais, A. A. C. L., Santos, P. A., de Oliveira Melo, N. C., & Costa, M. B. M. (2019). Consumo de macro e micronutrientes de idosos com diabetes mellitus tipo 2 atendidos no núcleo de apoio ao idoso. Medicina (Ribeirão Preto), 52(2), 121-127. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/159721/154891. Acesso em: setembro de 2023. 

    5.Standards of Medical Care in Diabetes - 2021. Diabetes Care 2021 Jan; 44 (Suplement 1): S1-S2.

    6.de Sousa Dantas, J. L., Rodrigues, L. P., & Azeredo, J. P. S. (2022). Benefícios do exercício físico aos portadores de diabetes. Research, Society and Development, 11(8), e10611830655-e10611830655. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/download/30655/26314. Acesso em: setembro de 2023.

    7.American Diabetes Association. 5. Facilitating behavior change and well-being to improve health outcomes: standards of medical care in diabetes - 2021. Diabetes Care.

    8.Mesinovic J et al. Sarcopenia and type 2 diabetes mellitus: a bidirectional relationship. Diabetes Metab Syndr Obes. 2019.

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.